Ebanx recebe investimento de US$ 30 milhões

Nos últimos dias, mais uma empresa conquistou um aporte para auxiliar em seu desenvolvimento. Trata-se da Ebanx, que recebeu US$ 30 milhões do fundo norte-americano FTV Capital, com participação do Endeavor Catalyst Fund.

A Fintech de Curitiba disponibiliza soluções de pagamento que possibilitam a seus clientes a realização de compras online em sites de todo o mundo. Fundada em 2012 por Wagner Ruiz, João Del Valle e Alphonse Voigt, a Ebanx surgiu a partir da percepção de que apenas uma pequena parcela da população brasileira obtinha sucesso em compras feitas em sites de outros países, onde precisavam de cartões de crédito internacionais para concluírem a ação.

Atualmente, o negócio está em funcionamento cinco países: Brasil, México, Colômbia, Chile, Peru, Argentina e Equador. Além disso, oferece suas soluções para empresas como Sony PlayStation, Wish e Spotify.

A partir do recebimento desse aporte, entre os planos da Ebanx está passar a atuar também no Uruguai, Paraguai e Bolívia, ainda neste ano. Outra mudança que ocorrerá como consequência do auxílio da FTV é que Robert Anderson e Chris Winship, respectivamente diretor e parceiro do fundo, farão parte do conselho diretivo da Ebanx.

No comunicado sobre o investimento, Alphonse Voigt, co-fundador e CEO da empresa, falou um pouco sobre o negócio. “Começamos a Ebanx há quase seis anos, com uma compreensão clara de que tínhamos um oceano bem aberto à nossa frente. Naquela época, ninguém estava fazendo o que fazíamos e todo nosso foco foi dedicado a atrair novos comerciantes para nossa plataforma. Integrar-se com o Ebanx e vender duas a três vezes mais na região foi, e ainda é, nosso mantra.”

“Com o apoio de mais de 300 funcionários, o know-how da Endeavor no empreendedorismo de alto impacto e com muitos anos de experiência da FTV na indústria de pagamentos e histórico comprovado, estamos totalmente preparados para levar a Ebanx a níveis de crescimento sem precedentes, atendendo comerciantes em todo o mundo.”, conclui ele.

Foi assim, na busca por estabelecer mudanças no mercado de pagamento, resolvendo um problema perceptível, que a fintech iniciou a sua jornada e conseguiu alcançar a posição em que se encontra atualmente.

Iniciar uma empresa pelos motivos certos pode influenciar significativamente no seu destino, mas há outros aspectos que precisam ser trabalhados para garantir o crescimento de um negócio. Quer saber quais são? Faça parte do CLUB EV e tenha acesso a diversos conteúdos que vão lhe mostrar como construir empresas que outros queiram comprar.

Inspire-se em casos de empresas como essa para dar vida a seu sonho e construir uma Empresa Vendável!

0 respostas

Deixe aqui seu comentário

Quer se juntar ao debate?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *